Controle e Supervisão para Digestores

 

Frigoríficos que utilizam os resíduos dos ruminantes para a fabricação de farinhas destinadas à alimentação de animais devem ser esterilizados, conforme recomendação da OIE - Organização Mundial de Saúde Animal em circular CGI-DIPOA 07/2008. Segundo esta circular, os resíduos depois de triturados devem ser aquecidos até atingirem uma temperatura não inferior a 133°C por 20 minutos sem interrupção, a uma pressão absoluta de 3 bar, produzida por vapor saturado. Os equipamentos destinados à esterilização devem ser dotados de instrumentos de medição e registro automático de temperatura, pressão e tempo, instalados de forma a garantir total confiabilidade das mensurações efetuadas. Fornecemos a solução completa para atender a norma. O sistema utiliza um controladores de processo  para o controle da válvula de pressão. No digestor é instalado um sensores de temperatura e pressão. O registrador eletrônico coleta e armazena os dados de pressão e temperatura dos digestores e envia para o software supervisório que monitora on-line o processo, permitindo gerar gráficos, relatórios e armazenar os dados coletados, conforme solicita a circular.